sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Mergulho




Viver dentro
No mergulho interior
Onde se serve o alimento
O procurado alento
De um todo intento
Afogar na Alma
Em busca de alvéolos e Calma
Afundar a fragilidade profunda
Largar a teia imunda
Envolta em si intrusa
Tóxica, corrupta
O mar frio
Eclode o sombrio arrepio
Do corpo sem brio
Hibernado em Vida por um Fio
Extenuada Cede
O naufrago Pede
Entre a Luz e as Trevas
Submerge...

Sarah Moustafa


2 comentários:

  1. Lindo Sarah essa viagem introspectiva dentro de nosso eu. Como sempre profundo e enigmático. Bjus linda!!!!

    ResponderEliminar
  2. Sarah

    Imerso na introspecção d'alma
    o ser submerge para a purificação
    e se ilumina na imensidão das trevas
    para renascer pleno em candura

    besOSMen@

    ResponderEliminar