sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Acaso?




Ao jogo das Escondidas e Partidas
Desmesuradamente Bem Vindas
Nos Remetemos
Nos Cometemos
Entre imans e Hipnose
Elucidaríamos quem Sabe
A aventura, a Sinopse
Do Enredo que nos Aproxima
Da Apoteose que Dizima
Serão Linhas de Mão
Retrato da fatídica Sina?
Uma arquitectónica Conspiração
Num acidente de Contra Mão
Um acaso sem Explicação?

Sarah Moustafa

Sem comentários:

Enviar um comentário