domingo, 17 de novembro de 2013

Resposta.



Em Resposta ao comentário de um Anónimo neste post:

http://lualibra.blogspot.pt/2013/11/o-homem-mais-que-im-perfeito-2.html

Deu-me que pensar.



A questão não é tanto se vale a pena tantas lágrimas ou sofrimento
A questão é que certamente da experiência provem-te as necessárias dores de crescimento.
E se faz crescer, tem que te fazer doer, se saímos da zona do nosso conforto, se nos desbordamos no entendimento do que se passa acontecer dento de nós.
Tem muito pouco a ver com o outro, vale tudo, sim , é por nós.
Nós e nosso corpo, o nosso coração e a nossa alma.
O amor bate-nos a porta e muitas vezes ela está fechada, muitas vezes o receptor da nossa emoção não quer, não pode ou não consegue receber-nos com toda a dimensão e entrega que a mesma acarreta.
Mas quando amamos não precisamos de validação.
Essa é a parte mais bela e poética da trágica construção dos relacionamentos.
O amor não precisa que se lhe abram as portas, ele infiltra-se nelas.

Portanto eu tenho a certeza absoluta que sim, vale tudo.


" Tudo vale a pena, quando alma não é pequena."



Sarah Moustafa 

Sem comentários:

Enviar um comentário