quinta-feira, 7 de março de 2013

Anjo



O anjo Caído
Em dor de um Sorriso
Sorria Descomprometido
Ao dia e a Noite
Foragido
Caíra Apenas
Num Campo de Açucenas
Abraçado ao Momento
 Longe de Sensações  Amenas
Intensidade ao deleite de Viver
Degustando o fim da Hora
A contagem de Padecer
Á Fragilidade se Entregou
Aprendizado do Sublime
O revelou
Segredo eterno Bafejou
Em força de fraqueza ressuscitou!

Sarah Moustafa



2 comentários: