sexta-feira, 29 de junho de 2012

Intimidade





Estar perto, fisicamente, de outrem não é difícil..árduo é conseguir estabelecer momentos de intimidade.
Chegar ao intimo de ti, desbravar as muralhas que constróis tão inevitavelmente, numa tentativa falhada de protecção.
Que tipo de protecção pensas obter afastando-te de momentos de prazer?
A frustração de te encontrares sozinho?
Questionas-te o porquê quando todas as respostas se espelham em ti mesmo.
Por mais paciente, que alguém possa ser, chega a um momento de verdadeiro impasse onde o cruzamento indica duas saídas possíveis:


A)- Prosseguir numa tortuosa viagem de ressentimentos;

B)- Destruir as muralhas e construir pontes no seu lugar;


Seja qual for a opção tomada  recorda-te que é sempre tua responsabilidade as consequências adjacentes á decisão tomada.



Só podemos ajudar quem quer essa mesma ajuda, não é ?





Sarah Moustafa



2 comentários:

  1. Bom dia Sarah...continuo por aqui silenciosamente saboreando seus textos...beijinhos!
    Astrid Annabelle

    ResponderEliminar
  2. Muito Obrigado Astrid! é um prazer receber a sua visita!
    =)

    ResponderEliminar