segunda-feira, 25 de junho de 2012

Deixa me entrar





Deixa-me entrar.. 
Quero ajudar-te nesta viagem magnifica, que radiosa se pronuncia, sempre que fraquejares , que duvidares, que pensares que não és capaz de suportar mais... eu estarei lá para te relembrar o porquê de acreditar em ti, e na capacidade de concretização do teu grande propósito.
Mas para que te possa apoiar dessa forma tens que me permitir a entrada e não temeres mostrar a magnitude do teu ser.
A vulnerabilidade, que tanto te esforças por ocultar, é metade do teu encanto!
Por isso pára de o fazer.. pára de te limitar e de te auto-infligir!
É doloroso para quem te ama, sim porque amam por mais que a névoa não te permita ver , e pior é doloroso em dimensões catastróficas para ti mesma!
Baixa a guarda... respira fundo, não temas quem apenas se delicia ,sinceramente, em sentir se  assomado com o teu brilho.
Então... Posso entrar?


Sarah Moustafa


Sem comentários:

Enviar um comentário