domingo, 30 de outubro de 2016

Reabilitação





O que está por trás da cortina ?
Um corpo cheio de marcas tuas.
Sugaste vida, o desejo não se regenera !
Ele não responde a mais ninguém...
Esfrego estas manchas absurdas
Tatuagens de uma alma permanentemente nua
Filho da mãe
Destilam paixão , o pulso ainda acelera.
A pele queima , alta voltagem
A tua presença deixou de ser bem vinda !
Desintoxico , descobri um pequeno espaço livre
You missed a spot
Esqueceste -te de um detalhe
Sempre gostaste de me despir devagar
E eu de brincar com semi transparências
Há sempre uma camada mais profunda que penetrar.
Obrigado por não teres mergulhado de cabeça.

Ainda há esperança de uma cama que não fique eternamente vazia.



Menos para ti.






Sarah Moustafa

Sem comentários:

Enviar um comentário