sexta-feira, 24 de maio de 2013

Segredo





Queria contar-te o meu segredo
Esse que se conta
Entre a vontade e o medo
Queria mas não posso
Ditar-te ao que ainda é cedo
Pois o meu segredo
Já não o é
Guião desvanecido
Do seu enredo
Entre cada passo vivido
Como o primeiro infante
Do seu berço trazido
Espantado com tudo
O que lhe é conhecido
Queria contar-te
Sim como queria
Mas seria tomar-te
 A brisa da maresia
A surpresa infinda
Do segredo que se revela
Entre o poente e nascente
Sol de cada dia!
Mas como queria
Segredar-te
A fonte de onde bebia
E bebo esperando
Um encontro onde nos meus lábios
O meu segredo posso Dar-te!

Sarah Moustafa

1 comentário: