segunda-feira, 27 de maio de 2013

Escolher-te





Eu vou sempre escolher-te
Sim Tu
Tu que não queres e não me deixas
Conhecer-te
Que foges ao primeiro raiar 
E voltas ao ultimo suspiro do luar
Sabendo como vou receber-te

Vais ser sempre Tu
E sempre é só infinito
E mais além houvesse
Dimensão de homem bonito
Que não é belo
Mas nos seus olhos eu me fito

Eu escolherei sempre
O pior do teu melhor
E trarei á luz a tua dor
Porque é com ela
Com que faremos amor
Eu vou sempre escolher-te
Sim
Tu que não existes
Tu que só tens alma
Corpo por onde te evadiste?
Vagante
Errante
Menino perdido
Eterno Viajante
Diz-me porque me sorriste?

Sarah Moustafa


1 comentário: