sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Nocivo


Queda no Luar Adormecido
Dissolução em veneno Radioactivo
Esferas de uma só Emoção
Cometas em tamanha Percepção
Culto ao Destrutivo
O que fazer de Ameaças em Perigo
Convidado de trevas num Sorriso?
Noite Desperta
Em Dias de Sol e Alerta
Climas de voz Incerta
Incerteza Contrafeita
De avidez que Deleita
Em mistérios Incompleta!

Sarah Moustafa

5 comentários:

  1. Há um algo de misterioso e verdadeiro neste poema, Sarah. Gostei!
    Um beijo!

    ResponderEliminar
  2. Os mistérios sempre serão grandes motes para nossos poemas. Este teu é bem misterioso...
    Abraço, minha amiga!!!

    ResponderEliminar
  3. Os mistérios da atracção podem ser nocivos, sim... Mas também podem ser a cura...! Por isso são um mistério tão misterioso!

    beijo

    ResponderEliminar