sábado, 20 de maio de 2017

1 num milhão .






Eu sei,
que tu não és o mundo inteiro.
Existe tanto mais por descobrir.
Não és tudo ou nada,
Sou um pouco exagerada...
Existe melhor,
quem me mereça mais,
E veja em mim ,
o mundo que vejo em ti.
Cada dia sinto essa
promessa de amor aproximar -se.
e como explicar ...
que tal me deixa de rastos.
Porque não é ...
Nunca poderá ser ,
o caos inteiro
de um universo tão bonito,
como demolidor ,
que me deixaste na mão
antes de ires embora 
Sem me dizeres para onde ias,
Vai ser qualquer outra coisa,
talvez um mar calmo,
Um bonito passeio de fim-de-semana,
Água limpa de uma fonte 
de que posso beber sem medo ,
e sobretudo a prova 
de um sonho que vai morrer.
A resignação á imagem
do amor "saudável ",
porque não consegui contestar
provar, 
Que a paixão rebelde e teimosa,
também vence. 
que só porque dançamos em sombras
Somos também divina luz,
na forma de dois corpos
feitos um para outro,
a mesma medida,
o mesmo tamanho.
Eu sei,
que pouco importa,
os amores são sempre diferentes,
Cada um especial
á sua maneira...

Aceno que sim,

Não sabem mesmo do que estão a falar.









Sarah Moustafa

Sem comentários:

Enviar um comentário