segunda-feira, 23 de julho de 2012

O Jogo






Redes de prazer e estimulação tu crias nas artimanhas que um simples lançar de dados provoca.
Jogas em cada movimento que fazes, em cada palavra que proferes como se a tua expressão verdadeira assim se dependesse.
Irradias com o sucesso da jogada tal como esmoreces com a falha da mesma.
Poderás ser mal interpretado, alias desconfio que tal suceda com regularidade, mas no fundo não te incomoda assim tanto pois não?
Deveras, aprecias o facto de seres motivo de conversa, é sinal que adquiriste um certo estatuto que te reveste das aclamadas, ou não tanto, criticas que tentas sempre extrair como construtivas.
Inflama o teu ego veres a propagação que uma simples jogada, por vezes restrita ao plano mental, consegue ter.
Um estratega, para os benevolentes, que agarra na totalidade da massa cinzenta e a utiliza em seu proveito com o brilhantismo de ser arquitecto do seu próprio fado.
Um charlatão, para os menos elevados, que se aproveita das carências e falhas alheias em seu usufruto leviano, insensato comutado das irresponsabilidades infantis de querer e precisar de chamar a atenção.
Pontos de vista assim será mais correcto afirmar....Ou será que não?

Sarah Moustafa

Sem comentários:

Enviar um comentário