quarta-feira, 25 de julho de 2012

Irmãos






Ter irmãos é um misto de sensações muitas vezes contraditórias, muitas vezes sem sentido...mas no meio dessas confusões há algo que permanece numa relação de irmãos, seja ela de que tipo for, o Vinculo.
Tendo ou não uma boa relação com os petizes, as vezes nem tanto assim pequenos, existe um laço que os une irremediavelmente, uma história partilhada, não interessa por quanto tempo, um tronco importante na nossa árvore da vida.
Nas nossas raízes e na nossa fundação.
Mesmo nos momentos mais afastados, em que por qualquer motivo repelimos esta ligação, e é uma ferida atroz essa ausência física ou psicológica, a unificação por mais que tarde, acaba por acontecer as vezes nem sempre pelos motivos mais felizes....mas acontece.
Quantas vezes chegamos a casa de rastos e eles estão lá para nos animar?
Quantas vezes criamos as maiores invenções juntos e manipulamos a mãe ou o pai á nossa vontade?
Quantas gargalhadas foram trocados no seio do lar?
Quantas lágrimas acolhidas?
Nos piores dias , naqueles onde nada nem ninguém faz sentido, onde tudo nos parece errado, onde o desanimo toma conta de nós....eu paro e olho para as abençoadas irmãs...e quando me sorriem iluminam e transformam a noite em dia.

Sarah Moustafa

Sem comentários:

Enviar um comentário