sexta-feira, 20 de julho de 2012

AMIGO?






Celebrando se hoje o dia do amigo, questiono o que esta palavra significa em toda a sua extensão?
Um amigo será aquela pessoa que te conhece na totalidade, a luz e as sombras, inerentes ao ser humano em aprendizagem, e ainda assim te AME?
O que tem e não tem alguém com este estatuto direito de fazer?
Será que passa tanto pelo fazer ou como se fazer?
Como se constrói uma amizade? E sobretudo como se mantém?
Nos elevado valores que diariamente nos são exigidos este é constantemente esquecido em prol dos favorecimentos sociais. Verdade Nua e Crua.
Se te favorecer é uma boa amizade, ajuda te a permanecer de pé , menos inseguro, nas índoles complexas das esferas das relações e do comportamento humano.
Então e quando o amigo erra, erra ao ponto de ser alvo dos mais duros julgamentos, em que lugar te colocas?
Na testemunha de acusação ou defesa?
Depende.
Será que isto sequer deveria de acontecer? Um depende?
Quando aceitamos uma pessoa na nossa vida e a convidamos a fazer parte dela não podemos esperar que esta ,em algum momento, não nos vá desiludir, porque nós mesmos fazemos questão de nos idealizar e projectar sobre o outro. Então que hipocrisia seria esperar um comportamento correctamente adaptado a tua personalidade, certo?
Poderei concordar ou não com o que dizes, mas defenderei até a morte o direito que tens em fazê-lo, eis uma velha máxima perfeita para as palavras que este texto sucinto mas repleto de emoção, me faz sentir.
Um bem haja aqueles que erram mas que tem o amigo que não julga.
Um bem haja aqueles que perdoam em prol deles mesmo e dos outros.
Um bem haja aqueles que não se influenciam com as vozes la fora.
Um bem haja a quem não esquece o passado e coloca o futuro em causa.
Um bem haja ao amigo MAIOR que ele mesmo.

Sarah Moustafa

Sem comentários:

Enviar um comentário