domingo, 12 de fevereiro de 2017

Quem semeia vento, colhe ...



Não adoras a forma , 
como o raio desce dos céus
E violentamente nos separa?
Dizem que o Universo é inteligente,
tem um plano maior para o que acaba.
Das duas uma,
Ou fomos postos á margem , cães abandonados , 
desorientados nesta longa estrada
ou...
Somos , nós mesmos, a partícula da tempestade.
Não adoras cair continuamente da graça de Deus ?
E ser a esta missão sempre chamada ?
As asas estão só rasgadas..
Destrói, reconstrói, destrói.
Dói !!!!
Não admira que ninguém goste de nós,
Carregamos o dia, sufocamos o sol
evocamos o medo,
Os vidros estremecem, a luz vai abaixo...

Ouves esta canção de amor ?


Lá vem trovoada...






Sarah Moustafa 

Sem comentários:

Enviar um comentário