sábado, 24 de agosto de 2013

Rubro




VERMELHO

Labaredas Inflamadas
Num incêndio famigeradas
Consumidas no teu Espelho
Descoloradas.

ESCARLATE

Rubor aceso na tua face
Sangue salpicado
Um novo conceito de Arte
Este é crime
Este Arde.

ENCARNADO

Vulcão inanimado
Lava
Inferno Derramado
Cinzas sobre o meu corpo
Queimado

RUBI

Na Paixão
Incendiado
Reanimado
Por
Ti.




Sarah Moustafa

1 comentário:

  1. Minha querida

    Um poema com toda a força da paixão...adorei e tinha saudades de passar aqui.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar