terça-feira, 18 de abril de 2017

Peças únicas





E porque se um dia a canção deixar de ecoar,
trarei o silêncio da melodia do amor com que sonhei,
escondida na impenetrável barreira
que se recusa á desistência,
de usar o coração como bússola,
dar as mãos que oferecem  magia,
e olhar quem quer que seja que se ponha minha frente,
conduzindo-os á perturbadora luz ,
da fonte que se esqueceram de beber ,
deixo um bilhete ,
outras vezes um beijo,
E cedo de novo aos versos do meu inconsciente,
" Porquê? Eles nunca estiveram lá para mim "
Caem lágrimas douradas,
e um novo sorriso se encontra,
estrelas que caem de madrugada ,
e se alojam esperançosas no teu peito,
" Porque são tolos os que de deixam mal ,
e eles jamais se esquecerão de ti "
O retorno é mel,
 E através disso, deixo a minha obra ,
suave profunda marca,
O incrível , o 1%
 que não se dizima em parte nenhuma,
ou de jeito algum.

Canta e bem alto .



Sem comentários:

Enviar um comentário