terça-feira, 25 de setembro de 2012

Le Silence (Memoirs)



Esta Libra não gostava de falar. Simplesmente era apreciadora da arte de ouvir e de analisar tudo em seu redor.
Apreciava a regularidade da constância do pensamento que o silencio provocava.
Na sua fineza delicada, escutava atenciosamente o eco das vozes, onde numa teia de historias difusas, conseguia encontrar sempre o fio condutor da questão.
Discretamente perscrutava o nosso interior em busca dos sinais da complexidade da personalização.
O seu prazer era este, a personalidade variável e em constante mutação de todos em seu redor.
No que a voz falhava a mente exprimia num brilhante ensaio digno de estudo e tertúlias, por entre os mais iluminados pensadores.
A virtude do silencio era esta, a capacidade de perceber o outro em toda a sua extensão.
Tudo se interligava magistralmente a um significado maior, bastava ter atenção aos detalhes, aqueles pequenos gestos diários, aqueles padrões que se repetem constantemente e que nunca verdadeiramente paramos para pensar na sua razão, esta Libra pensava e amava o que pensava tão veemente que se perdia ,a ela mesma, na construção do seu trabalho.
Dissolvia-se nos enredos apaixonantes e intriguistas procurando aperfeiçoar e aprofundar um trabalho que cujo expediente nunca terminava.
Esta clarificação apenas foi possível pelo mergulho na placidez do silencio, ainda que mote de alguns problemas relacionais das esferas decadentes do mundo social, ela não se arrependeu nunca de assim ter optado, mesmo sendo a solidão uma consequência inevitável.

"La décadance, toujours la décadance... La Vie est une perpétuelle décadance depuis le début"
(Pierre Drieu La Rochelle)


Sarah Moustafa

2 comentários:

  1. Pas de décadence... seulement une très lente, profonde mais presque imperceptible maturation, métamorphose que, à chaque second de notre vie, nous révèle que nous sommes toujours plus beaux que hier. À mon avis, bien sûr...

    ResponderEliminar
  2. clairement que oui, je suis d'accord avec ce processus de maturation mais personnellement, il ya une certaine fascination de ma part dans la décadence sociale, est d'ailleurs où je cherche l'inspiration.
    Les opinions sont les opinions, toujours les bienvenus
    Merci!
    =)

    ResponderEliminar