sábado, 21 de junho de 2014

O quê ? Onde ? Quem ?




O pesadelo comum é o sonho que me reluz
Se de normal tivesse a musicalidade da sinfonia que o coração seduz...
Se tivesse só por um dia, o que não tem...
Que seria desta minha luz na escuridão de alguém ?
Que corpo restaria da morte esquecida
Das noites trocadas por dias de azul e maresia ?
Que seria dos ossos sem fantasmas
Das trevas nascentes das minhas águas
O quê ? Onde?
Ficaria o reino de Hades
O rapto voluntário
Liberdade personificada na prata, veludo e grades !
A cama, a descoberta da pátria
E a sexualidade
A beleza sem padrão

As marcas da carne gravadas no chão
E as brasas fumegantes de intensidade


Quem....

Resistiria,

No paraíso & inferno da minha imaginação?



Esse... Que há muito me tomou a mão.



                   





                                                         Sarah Moustafa 

Sem comentários:

Enviar um comentário