terça-feira, 23 de agosto de 2016

Tudo aquilo que nunca me disseste





Desculpa, 
Não conseguir dar-te todas as respostas
Que o teu suave semblante trazia
Meio-disfarçado de um enigma fácil de ser desvendado
Anoiteceu a nossa história , fechamos as portas
E tudo aquilo que quase fomos ,
repousou sobre as poeirentas páginas
De um livro que jamais alguém escreveria
Porque teria de ser escrito no fervor ensanguentado
De quem exige ,nada mais, que a verdade a ferro e fogo
Do que nos dilacera mas dá tanta Vida !
Mas que verdade , te poderia eu dar ?
Confesso, menti-te.
Não consegui imaginar
a visão dos teus olhos de mel assombrados pela incerteza
Do Homem que poderias deixar de admirar
Falhei ao querer entregar-te algo de que nunca fui dono
A certeza irreversível do que nos continuaria a iluminar
A confiança nas possibilidades infinitas que o amanhã traria
Do entusiasmo inocente de cada gargalhada que trocamos
De cada filosofia de que apaixonadamente discordamos
Do amor ao qual nunca demos uma real oportunidade
Um segundo e tudo o que restou foi esta culpa silenciada
Em todo o abandono...
Eu nem sequer te consigo dizer que tentei.
Errei estupidamente ao recusar o que em mim despertava,
Um sismo tremendo preenchido apenas do teu nome
E o quanto vulnerável e dependente isso me deixava...
Eu sei , desculpa.
Tudo isto parecem palavras vãs ao lado do que te doía
Não quis responsabilizar-me por isso
Quis me manter me seguro na ilusão da minha liberdade
Não quis descer do pedestal do ego e diminuir-me
ao tamanho da onda de sentimentos, que de certo
me levaria... ao mundo escuro da nossa profundidade .
Lamento, que tudo o que sobre
Sejam estes pedaços desfeitos num mero papel...
Tantas palavras...
E a falta de coragem de te as entregar nos lábios  ,
onde só por uma vez mais , puder estar, eu morreria...
Desculpa, não ter crescido á imagem fantástica
De ser humano
Que sempre acreditaste que eu poderia ter sido.

Lamento...

Tanto.







Sarah Moustafa

6 comentários:

  1. Respostas
    1. ... always & forever. Not alone though, guilt wanders with me .

      Eliminar
    2. A man I once believed to be great once told me , there's no point in living in regret when all you have is the Now, so turn that forever into greatness. Be brave, show up, pick up the phone and say I'm sorry. You may be surprised .
      P.s - Dont forget your name. ;)

      Eliminar