terça-feira, 29 de julho de 2014

Heart Notes #11



         




                                        Kissing you in the shadows of love, too.



                          
                                 





                                                             
 Sarah Moustafa







segunda-feira, 28 de julho de 2014

Esta ou aquela ?



Não me sinto senão na desorientação  de um sentido
Não me sei senão me perdendo num encontro sempre adiado
Não me vejo senão no espelho de um outro reflexo
Nao me escrevo senão nas vozes que me perseguem onde as palavras sao ancoras, as despedidas as promessas, e o vazio a profunda inspiração.
Nao me pertenço senão na afirmação da negação ....

Nao sou aquela por onde vou.



          
                                     




            
                                                                     Sarah Moustafa


sábado, 26 de julho de 2014

Arritmias #15








A vida floresce por qualquer lado.



Sarah Moustafa

A procura


Andei a procura de ti.
Na sombra do sol que sendo imenso nunca brilhou.
Mas o nunca não me enche a medida , seja esta de que tipo e tamanho for, simplesmente a noção de impossibilidade encolhe me a procura do que busco largo.
Então corri por ti na densidade das nuvens , algures no espaço e no tempo foi ali que te encerraste.
Na dissolução de mar e céu , do inatingível visível , pintaste te de tudo e nada , como sempre quiseste ser.
Foste caindo nas chuvadas longas de inverno para que não me esquecesse que não estando, continuavas por ali.
Com uma mão largava te e com a outra chamava o nome da mais profunda inspiração.
Olhar para o alto tornou se difícil.
A saudade dói sabes ? 
A nossa por aquilo que não foi.
Desci do miradouro e fui a procura de uma vida sem ti.
(A) Tentei a normalidade do quotidiano, da correria dos minutos contados para a morte. 
Comprei e vendi me de supostos preenchimentos, entreguei me ao que nunca me dei.
As dividas, os valores elásticos, as corrupções da alma, apontei as ao desassossego da falta de um nome.
A culpa seria sempre tua.
A responsabilidade, minha.
Perdi me algures entre o tempo, o ideal e a ilusão.
E sabor da tua essência que me derretia e invadia a imaginação.
O paladar paralisou me.
O medo desatou a rir se da figura insólita diante dessa percepção.
Olhei para os céus 
Olhei para ti e pedi te desculpa.

Andava a procura era de mim.



                       



                                                                   Sarah Moustafa 

terça-feira, 22 de julho de 2014

Porque as palavras falham #11









Mas as imagens não.










Sarah Moustafa

domingo, 20 de julho de 2014

Redefine #2







Brinquedo.




Sarah Moustafa

Lusco-Fusco





A noite amanheceu de madrugada e eu não sei em que ponto o breu se pintou de luz dourada...
Sei que as noites já não são as mesmas.
E o único porto seguro se modificou á forma manifesta desta súbita transformação.
São as trevas que sempre me sopraram palavras de alcance a uma outra dimensão de mim.
Foram elas que me acolheram nas quedas de corpos transfigurados a bruta realidade...
A ferocidade veloz dos acontecimentos que trespassam a alma ,sem cuidado de lhes almofadarem os buracos de incompreensão, onde as respostas só formulam mais perguntas.
Onde o ponto nunca é final senão diante da finalidade.
Sinto a escuridão a desvanecer se na luz que me invade violenta na sua doçura.
Sinto os pensos rápidos a serem me arrancados do âmago e expostos ao sei lá o quê, e ao não sei onde de uma voz clara que apenas me permite a dissolvência e o silêncio.
E por isso as palavras secam-me onde proliferavam no desassossego certo do meu manto de invisibilidade nocturna.
Não temo que morram mas antes que sobrevivam.

Eu sei.

Os dias também nunca foram iguais.













Sarah Moustafa

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Ups #5















Sarah Moustafa

Músicas que nos traduzem #12








" And I can't fall asleep
Without a little help
It takes a lot to settle down
I sailed a boat into the past except

It takes an ocean not to break
It takes an ocean not to break...









But I won't follow you into the rabbit hole
I said I would but then I saw
Your shiver bones
They didn't want me to

It's a terrible love and I'm walking with spiders
It's a terrible love and I'm walking in
It's a terrible love and I'm walking with spiders
It's a terrible love and I'm walking in

It takes an ocean not to break... "






Sarah Moustafa







Heart Notes #16




Got it?







Sarah Moustafa

domingo, 13 de julho de 2014

Ir & Ficar




Tenho tanto medo da partida como da chegada, mas talvez , ainda mais,  do seu átrio intermédio entre dois globos de um mundo perpétuamente incompleto.
Onde o ir não se processa e o ficar são raízes construídas de puro ar.
Onde a migração voa raso, na alma enclausurada, no perímetro da sua inacção.
Onde uma asa se abre sempre á custa do encolhimento da outra.
Onde equilíbrio é piada de largo alcance e coerência palavra intraduzível em qualquer linguagem.
Quero ficar, amar, entregar, cuidar.
Quero partir, descobrir, florir o meu mundo das minhas estações.
Quero descansar, parar e esse mesmo mundo partilhar.
Quero o contrário de mim mesma.
Vestir-me de avesso como se veste da forma certa.
Ser impropria apropriadamente.
Ter lógica nas contradições.
Sair mais de mim e dizer-me sempre Sim.

Ainda que vá uma parte minha sempre ficará.
Ainda que fique uma parte minha nunca estará.

Como é que isto de SER se faz?










Sarah Moustafa


segunda-feira, 7 de julho de 2014

Porque as palavras falham #9









Mas as imagens não.



Sarah Moustafa

Músicas que nos traduzem #11





" I'm broken down and hungry for your love
With no way to feed it
Where are you tonight? Child, you know how much I need it
Too young to hold on and too old to just break free and run..." 






Lover, You Should've Come Over - Jeff Buckley






" It's never over, my kingdom for a kiss upon her shoulder
It's never over, all my riches for her smiles when I sleep so soft against her...
It's never over, all my blood for the sweetness of her laughter
It's never over, she is the tear that hangs inside my soul forever

Maybe I'm just too young to keep good love from going wrong..."









Sarah Moustafa

Can you be ?




Would you?
Be able to...
Be open to...
Find inspiration in the little things you are ?
In the biggest things you are not?
Can you?
Be driven 
 Be open to
 The outstanding Condition 
That lay's down on you
Of imperfect perfection ...
Of glow in the darkness...
Embodied on your own self?
Can you inspire inspiration?
Be saved from the ultimate salvation?


Can you Be You Tiful ?









Sarah Moustafa

sábado, 5 de julho de 2014

Story of my life.




Irritantemente.
Repetidamente.
Constantemente.
De rajada e no plural.
Para não se fazer por menos.
Continuamente.
Confusamente.
Ilusoriamente.
Impensadamente.
De pulo em pulo no tempo e no espaço.
Só para a rotina não se deixar instalar.
Só para o ego desencarrilar.
Só para agonia recomeçar.






Pois.


Story of my life.






Sarah Moustafa

Faces da Lua #10





Os meus pés só conhecem o piso das nuvens ...

         


                        





Sarah Moustafa 

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Filmes que nos inspiram #2





There is a line between work and play, 
between affection and obsession,
 between pleasure and pain.





Who's to say that love needs to be soft and gentle?



The Secretrary




" Each cut, each scar, each burn, a different mood or time. I told him what the first one was, told him where the second one came from. I remembered them all. And for the first time in my life I felt beautiful. Finally part of the earth. I touched the soil and he loved me back. "






A story of two people who find love ...that works.





P.S - Só para quem aprecia a exploração de barreiras sexuais e psicológicas.










Sarah Moustafa









Músicas que nos traduzem #10




" You see the smile that's on my mouth
Is hiding the words that don't come out
And all of my friends who think that I'm blessed
They don't know my head is a mess
No, they don't know who I really am
And they don't know what I've been through like you do
And I was made for you...



Brandi Carlile- The Story 






All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you
Oh yeah it's true... I was made for you... "






Sarah Moustafa

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Porque as palavras falham #7









Mas as imagens não.









Sarah Moustafa

Músicas que nos traduzem #9





Did I disappoint you?
Or leave a bad taste in your mouth?
You act like you never had love
And you want me to go without

Well it's too late, tonight
To drag the past out into the light
We're one, but we're not the same
We get to carry each other
Carry each other
One...



Mary J Blige feat U2 - One.



You say
Love is a temple
Love is a higher law
Love is a temple
Love is the higher law
You ask me to enter
Well then you make me crawl
And I can't be holding on
To what you got
When all you got is hurt

One love
One blood
One life






Sarah Moustafa

terça-feira, 1 de julho de 2014

Não.






Não desafies
 As leis deste coração.
Nem tentes.
Ficarás aquém 
De qualquer protecção.
Larga-me a pele
Não entres na imaginação
Desiste da fantasia
Dissolve a ilusão..
Não.
Não me dês a mão.

Pára. 

Já.

Aí.


Que eu não sei de mim.




Sarah Moustafa

Ups. #2










Sarah Moustafa